A Vida Mais Alta

A Vida Mais Alta

terça-feira, 30 de junho de 2009

O Criador e a Criação - AMOR EM GOTAS Volume I

Quando a Alma atinge determinada evolução espiritual, começa a sentir no seu interior uma voz que a impulsiona a realizar obras impressionantes e isso porque a força que a estimula é tão poderosa que, ás vezes, executa obras grandiosas e de tal proporções que, de vista humana, parece impossível sua execução.
Alcançados tais objetivos, com muito esforço e sofrimento, terminada a obra, surge alguém que pouco ou nada colaborou pela mesma, para tomar conta dela.
Os menos esclarecidos em tais assuntos, entranham-se perante semelhantes acontecimentos de aspectos desagradáveis e começam então a lutar, disputando interesses e conveniências pessoais que, quase sempre, terminam em deploráveis desagravos.
No entanto, tais fatos não afetam as almas esclarecidas porque sentem mais alegrias e prazer no ato de criar, que na criação em si mesmo. Há trabalhadores do bem que lastimam o tempo que dedicaram a obras iniciadas e construídas dia a dia com amor e dedicação e das quais foram afastados ou substituídos por outros a elas estranhos que colhem o que não semearam.
A verdadeira recompensa do trabalhador abnegado e inteligente não e dada aqui na Terra ou nos Céus, mas sim; é uma conquista do campo interior que lhe confere o título de construir para a eternidade, sem interesses e conveniências pessoais. A Alma pura semeia com amor e passa-se adiante porque sabe que a colheita, quase sempre, é feita por beneficiários ou trabalhadores que vem depois. Uns semeiam...outros colhem...
É desta maneira que a Alma espiritualizada pensa e age; reconhece que na semeadura do bem, as colheitas virão; mas não espera por elas, porque: conforme dissemos, a glória do criador está mais no ato de criar, que na criação em sim mesmo. Torna-se evidente que, a criação desse criador será sempre uma luta por uma CAUSA e não por uma CASA.

Stamatios Zannis Philippoussis

Escutando Sentimentos


"O sentimento é a maior conquista evolutiva do Espírito. Aprendendo a escutá-lo, estaremos entendendo melhor a nossa alma. Não existe um só sentimento que não tenha importância no processo do crescimento pessoal. Quando digo a mim mesmo "não posso sentir isto", simplesmente estou desprezando a oportunidade de auto-investigação, de saber qual é ou quais são as mensagens profundas da vida mental" (Ermance Dufaux)

sexta-feira, 26 de junho de 2009

SESSÃO PIPOCA dia 04/07 - PASSAGEIROS

Após um trágico acidente aéreo, a psiquiatra Claire (Anne Hathaway) é designada a tratar dos sobreviventes. Enquanto ouve os relatos de todos e coleta informações do que pode ter acontecido, Claire começa a desconfiar que a empresa aérea esta escondendo algo sobre o acidente. Então decide investigar o acidente com a ajuda de Eric (Patrick Wilson), o mais enigmático dos passageiros. Mas a relação entre os dois se intensifica e vai além do campo profissional. No decorrer do tempo, os sobreviventes começam a desaparecer misteriosamente. Agora a psiquiatra fará o que for preciso para descobrir toda a verdade. Prepare-se para respostas surpreendentemente assustadoras.

quarta-feira, 24 de junho de 2009

Ensinamentos - Stamatios Zannis Philippoussis


Tudo que é positivo pertence a DEUS e tudo que é negativo pertence à ignorância e aos que nela se encontram padecendo suas conseguências.

Tudo, o que passamos e achamos que é anormal, é para o nosso crescimento espiritual e, quando o atingirmos, usufruiremos da felicidade eterna.
Autodefesa Espiritual pagina 173.

Os cursos ministrados pela casa entrarão em recesso mas, vamos dar continuidade ao nosso aprendizado e usufruir das nossas ferias com leituras que tragam bons ensinamentos! Segue a coleção AMOR EM GOTAS como sugestão, são 4 volumes escritos por nosso Fundador que você encontra na nossa reinaugurada Livraria
Stamatios Zannis Philippoussis.

O Evangelho Segundo o Espiritismo

Avida é difícil, bem o sei. Compõe-se de mil nadas, que são outras tantas picadas de alfinetes, mas que acabam por ferir. Se, porém, atentarmos nos deveres que nos são impostos, nas consolações e compensações que, por outro lado, recebemos, havemos de reconhecer que são as bênçãos muito mais numerosas do que as dores. O fardo parece menos pesado, quando se olha para o alto, do que quando se curva para a terra a fronte. cap. IX, item 7.

terça-feira, 23 de junho de 2009

Cartas de uma Morta - Chico Xavier


Livro ditado pela mãe de Chico Xavier

As páginas que vão ler são de autoria daquela que foi, na Terra, a minha mãe muito querida.Minha genitora chamava-se Maria João de Deus e desencarnou nesta cidade, em 29 de setembro de 1915. Filha de uma lavadeira humilde, de Santa Luiza do Rio das Velhas, ela não pode receber uma educação esmerada; mas todos os que a conheceram, afirmam que os sentimentos do seu coração substituíram a cultura que lhe faltava.Quando o seu bondoso espírito se comunicou por meu intermédio, pela primeira vez, eu lhe pedi que me contasse as impressões iniciais da sua vida no outro mundo, recebendo a promessa de que o havia de fazer oportunamente; e, há pouco tempo, ela começou a escrever, por intermédio da minha mediunidade, estas cartas que vão ler.Eu contava cinco anos de idade, quando minha mãe desencarnou; mas, mesmo assim, nunca pude esquecê-la e, ultimamente, graças ao Espiritismo, ouço a sua voz, comunico-me com ela e ao seu espírito generoso devo os melhores instantes de consolo espiritual da minha vida.Aí estão, minha mãe, as tuas páginas. Elas vão ser vendidas em benefício das órfãzinhas. Deus permita que os pequeninos, que sofrem, recebam um conforto em teu nome, e que a Misericórdia Divina te auxilie, multiplicando as tuas luzes na vida espiritual
.

terça-feira, 16 de junho de 2009

IV FEIRA DO LIVRO ESPIRITA USADO

IV FEIRA DO LIVRO ESPIRITA USADO

Início 15/6/2009 e Término 30/6/2009

Aproveite para garantir a leitura nas ferias com bons livros.

Contamos com você!!

Aceitamos doações, entregar na Livraria.

segunda-feira, 15 de junho de 2009

O Livro dos Espíritos por ALLAN KARDEC – tradução de José Herculano Pires


Estudando o Livro dos Espiritos

“O Espiritismo se apresenta sob três aspectos diferentes: os das manifestações, o dos princípios de filosofia e moral que delas decorrem, e o da aplicação desses princípios. Daí as três classes, ou antes, os três graus dos seus adeptos: 1º) os que crêem nas manifestações e se limitam a constatá-las: para eles, é uma Ciência de experimentação; 2º) os que compreendem as suas conseqüências morais; 3º) os que praticam ou se esforçam por praticar essa Moral.”


IV – Manifestações Inteligentes

Se os fenômenos de que nos ocupamos se restringissem ao movimento dos objetos, teriam permanecido no domínio das ciências físicas; mas não aconteceu assim: estavam destinados a nos colocarem na pista dos fatos de uma ordem estranha. Acreditou-se haver descoberto, não sabemos por iniciativa de quem, que o impulso dado aos objetos não era somente o produto de uma força mecânica cega, mas que havia nesse movimento a intervenção de uma causa inteligente. Esta via, uma vez aberta, oferecia um campo inteiramente novo de observações; era o véu que se levantava sobre muitos mistérios. Mas haverá realmente neste caso uma potência inteligente? Essa é a questão. Se essa potência existe, o que é ela, qual a sua natureza, a sua origem? E ela superior à Humanidade? Tais são as outras questões que decorrem da primeira.
As primeiras manifestações inteligentes verificaram-se por meio de mesas que se moviam e davam determinados golpes, batendo um pé, e assim respondiam, segundo o que se havia convencionado, por “sim” ou por “não” à questão proposta. Até aqui, nada de seguramente convincente para os céticos, porque podia crer-se num efeito do acaso. Em seguida, obtiveram-se respostas mais desenvolvidas por meio das letras do alfabeto: dando o móvel um número de ordem de cada letra, chegava-se a se formarem palavras e frases que respondiam às questões propostas. A justeza das respostas e sua correspondência com a pergunta provocaram a admiração. O ser misterioso que assim respondia, interpelado sobre a sua natureza, declarou que era um Espírito ou Gemo, deu o seu nome e forneceu diversas informações a seu respeito. Esta é uma circunstância muito importante a notar. Ninguém havia então pensado nos Espíritos como um meio de explicar o fenômeno; foi o próprio fenômeno que revelou a palavra. Fazem-se hipóteses freqüentemente nas ciências exatas para se conseguir uma base ao raciocínio; mas neste caso não foi o que se deu.
Esse meio de correspondência era demorado e incômodo O Espírito e esta e também uma circunstância digna de nota, indicou outro. Foi um desses seres invisíveis quem aconselhou a adaptar-se um lápis a uma cesta ou a um outro objeto. A cesta, posta sobre uma folha de papel, é movimentada pela mesma potência oculta que faz girar as mesas; mas, em lugar de um simples movimento regular, o lápis escreve por si mesmo, formando palavras frases discursos inteiros de muitas páginas, tratando das mais altas questões de Filosofia, de Moral, de Metafísica, de Psicologia etc., e isso com tanta rapidez como se escrevesse à mão.
Esse conselho foi dado simultaneamente na América, na França e em diversos países. Eis os termos em que foi dado em Paris, a 10 de Junho de1853, a um dos mais fervorosos adeptos da Doutrina, que há muitos anos desde 1849, se ocupava com a evocação dos Espíritos: “Vá buscar no quarto ao lado a cestinha; prenda nela um lápis, coloque-a sobre o papel e ponha-lhe os dedos na borda”. Feito isso, depois de alguns instantes, a cesta se pôs em movimento e o lápis escreveu legivelmente esta frase: “Isto que eu vos disse proíbo-vos expressamente de dizer a alguém; na primeira vez que escrever, escreverei melhor”.
O objeto a que se adapta o lápis, não sendo mais que simples instrumento sua natureza e sua forma não importam; procurou-se a disposição mais cômoda e foi assim que muitas pessoas passaram a usar uma prancheta.
A cesta ou a prancheta não podem ser postas em movimento senão sob a influência de certas pessoas, dotadas para isso de um poder especial e que se designa pelo nome de médiuns, ou seja, intermediários entre os Espíritos e os homens. As condições que produzem este poder estão ligadas a causas ao mesmo tempo físicas e espirituais ainda imperfeitamente conhecidas porquanto se encontram médiuns de todas as idades, de ambos os sexos e em todos os graus de desenvolvimento intelectual. Essa faculdade, entretanto, se desenvolve pelo exercício.

http://livrodosespiritos.wordpress.com/
http://historiaespiritismo.blogspot.com/

quinta-feira, 11 de junho de 2009

FONTE VIVA FRANCISCO CÂNDIDO XAVIER DITADO PELO ESPÍRITO EMMANUEL

EDUCA ―Não sabeis vós que sois o templo de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós? Paulo. (1ª EPÍSTOLA AOS CORÍNTIOS, capítulo 3, versículo 16.)
Na semente minúscula reside o germe do tronco benfeitor. No coração da terra, há melodias da fonte. No bloco de pedra, há obras-primas de estatuária. Entretanto, o pomar reclama esforço ativo. A corrente cristalina pede aquedutos para transportar-se incontaminada. A jóia de escultura pede milagres do buril. Também o Espírito traz consigo o gene da Divindade. Deus está em nós, quanto estamos em Deus. Mas, para que a luz divina se destaque da treva humana, é necessário que os processos educativos da vida nos trabalhem no empedrado caminho dos milênios. Somente o coração enobrecido no grande entendimento pode vazar o heroismo santificante. Apenas o cérebro cultivado pode produzir iluminadas formas de pensamento. Só a grandeza espiritual consegue gerar a palavra equilibrada, o verbo sublime e a voz balsamizante. Interpretemos a dor e o trabalho por artistas celestes de nosso acrisolamento. Educa e transformarás a irracionalidade em inteligência, a inteligência em humanidade e a humanidade em angelitude. Educa e edificarás o paraíso na Terra. Se sabemos que o Senhor habita em nós, aperfeiçoemos a nossa vida, a fim de manifestá-lo.

Planeta Coração - Eliane Alves Batista/Leitura Infantil



Planeta Coração


Numa constelação muito distante, no azulinfinito do céu, havia um Planeta, entre tantos outros, muito bonito e cujo nome era Coração.Planeta Coração, tinha lindas cidades; mas, o curioso é que seus habitantes não eram as pessoas, mas apenas sementinhas. E as suas casas, pintadinhas de vermelho, tinham o formato de um Coração. As sementinhas que ali viviam, eram muito felizes. As ruas, praças, escolas, enfim, tudo tinha muito encanto e beleza.Numa dessas casinhas vivia uma sementinha cujo nome era Lili. Ela era muito infeliz por não ter amigos. Solitária chorava dia e noite. Lili era uma sementinha muito rebelde. Impulsiva, respondia a todos com muita grosseria, quando se sentia contrariada.Por isso, nos brinquedos, nos passeios e na escola, sempre era deixada de lado pelos coleguinhas. Ninguém gostava de sua companhia.Por esse motivo, Lili sofria e era muito infeliz. Perguntava sempre a si mesma: - Por que será que não tenho amigos?...

Muitas vezes, procuramos fora de nós, as razões para explicarem nossos insucessos.Queremos quase sempre, encontrar o culpado pela nossa infelicidade, mas, sempre fora de nós. Mas a verdade é que somos os únicos responsáveis pelo nosso destino. Nós é que escrevemos o livro da nossa vida. A boa ou a má sorte depende de nosso esforço.Neste livrinho contamos uma estorinha , com a ajuda da Espiritualidade que nos inspirou, onde a personagem principal, reconhece a necessidade de mudar os rumos de sua vida para ser mais feliz.

terça-feira, 9 de junho de 2009

Estudando com ALLAN KARDEC - "Conhece-te a ti mesmo"


Questão 919 de O Livro dos Espíritos:Qual o meio prático mais eficaz que tem o homem de se melhorar nesta vida e de resistir à atração do mal?

– Um sábio da Antiguidade vos disse: “Conhece-te a ti mesmo”.

919- a) - Conhecemos toda a sabedoria desta máxima, porém a dificuldade está precisamente em cada um conhecer-se a si mesmo. Qual o meio de consegui-lo? "Fazei o que eu fazia, quando vivi na Terra: ao fim do dia, interrogava a minha consciência, passava revista ao que fizera e perguntava a mim mesmo se não faltara a algum dever, se ninguém tivera motivo para de mim se queixar. Foi assim que cheguei a me conhecer e a ver o que em mim precisava de reforma. Aquele que, todas as noites, evocasse todas as ações que praticara durante o dia e inquirisse de si mesmo o bem ou o mal que houvera feito, rogando a Deus e ao seu anjo de guarda que o esclarecessem, grande força adquiriria para se aperfeiçoar, porque, crede-me, Deus o assistiria. Dirigi, pois, a vós mesmos perguntas, interrogai-vos sobre o que tendes feito e com que objetivo procedestes em tal ou tal circunstância, sobre se fizestes alguma coisa que, feita por outrem, censuraríeis, sobre se obrastes alguma ação que não ousaríeis confessar. Perguntai ainda mais: "Se aprouvesse a Deus chamar-me neste momento, teria que temer o olhar de alguém, ao entrar de novo no mundo dos Espíritos, onde nada pode ser ocultado?" "Examinai o que pudestes ter obrado contra Deus, depois contra o vosso próximo e, finalmente, contra vós mesmos. As respostas vos darão, ou o descanso para a vossa consciência, ou a indicação de um mal que precise ser curado. "O conhecimento de si mesmo é, portanto, a chave do progresso individual. Mas, direis, como há de alguém julgar-se a si mesmo? Não está aí a ilusão do amor-próprio para atenuar as faltas e torná-las desculpáveis? O avarento se considera apenas econômico e previdente; o orgulhosos julga que em si só há dignidade. Isto é muito real, mas tendes um meio de verificação que não pode iludir-vos. Quando estiverdes indecisos sobre o valor de uma de vossas ações, inquiri como a qualificaríeis, se praticada por outra pessoa. Se a censurais noutrem, não na poderia ter por legítima quando fordes o seu autor, pois que Deus não usa de duas medidas na aplicação de Sua justiça. Procurai também saber o que dela pensam os vossos semelhantes e não desprezeis a opinião dos vossos inimigos, porquanto esses nenhum interesse têm. em mascarar a verdade e Deus muitas vezes os coloca ao vosso lado como um espelho, a fim de que sejais advertidos com mais franqueza do que o faria um amigo. Perscrute, conseguintemente, a sua consciência aquele que se sinta possuído do desejo sério de melhorar-se, a fim de extirpar de si os maus pendores, como do seu jardim arranca as ervas daninhas; dê balanço no seu dia moral para, a exemplo do comerciante, avaliar suas perdas e seus lucros e eu vos asseguro que a conta destes será mais avultada que a daquelas. Se puder dizer que foi bom o seu dia, poderá dormir em paz e aguardar sem receio o despertar na outra vida. "Formulai, pois, de vós para convosco, questões nítidas e precisas e não temais multiplicá-las. Justo é que se gastem alguns minutos para conquistar uma felicidade eterna. Não trabalhais todos os dias com o fito de juntar haveres que vos garantam repouso na velhice? Não constitui esse repouso o objeto de todos os vossos desejos, o fim que vos faz suportar fadigas e privações temporárias? Pois bem! Que é esse descanso de alguns dias, turbado sempre pelas enfermidades do corpo, em comparação com o que espera o homem de bem? Não valerá este outro a pena de alguns esforços? Sei haver muitos que dizem ser positivo o presente e incerto o futuro. Ora, esta exatamente a idéia que estamos encarregados de eliminar do vosso íntimo, visto desejarmos fazer que compreendais esse futuro, de modo a não restar nenhuma dúvida em vossa alma. Por isso foi que primeiro chamamos a vossa atenção por meio de fenômenos capazes de ferir-vos os sentidos e que agora vos damos instruções, que cada um de vós se acha encarregado de espalhar. Com este objetivo é que ditamos O Livro dos Espíritos." SANTO AGOSTINHO.

Novidade na nossa Livraria!


"Getúlio Vargas em dois mundos"

Que todos possam ter o meu apagado exemplo, como um alerta em suas vidas, para não cometerem o que cometi, mas que se esforcem, por sempre fazerem o melhor, não para si próprios, mas o melhor diante de Deus! Que nunca pratiquem o que pratiquei, como retirada do mundo dos encarnados, porque o sofrimento que nos aguarda, depois, é muito grande!

Se volto, através desta mensagem, é para mostrar que agora estou bem, e dizer o quanto sofri, o quanto me arrependi, após, pois tudo o que valorizamos aí, e pelo qual lutamos, aqui pouco importa!

Àqueles que me amaram, àqueles que me perseguiram, àqueles que me oprimiram, ao País que me acolheu, a Deus que me amparou, embora eu d’Ele tenha me afastado muito, a minha gratidão!

Que Deus abençoe a todos, dando-lhes a força para sempre reagirem aos impulsos infelizes, para que um dia, de retorno à Pátria Verdadeira, possam encontrar a alegria dos que os acompanharam, a gratidão dos que foram beneficiados pela sua companhia, e o amor de Deus, em forma de amparo e de luz para si próprios!”

(Espíritos Eça de Queirós e Getúlio Vargas - Obra editada pela Editora EME: Getúlio Vargas em dois mundos - médium: Wanda A. Canutti).

segunda-feira, 8 de junho de 2009

Você já viu um girassol?

Trata-se de uma flor amarela, muito grande, que gira sempre em busca do sol. E é por essa razão que é, popularmente, chamada de girassol.Quando uma pequena e frágil semente dessa flor brota em meio a outras plantas, procura imediatamente a luz solar.É como se soubesse, instintivamente, que a claridade e o calor do sol lhe possibilitarão a vida.E o que aconteceria à flor se a colocássemos em uma redoma bem fechada e escura?Certamente, em pouco tempo, ela morreria.Assim como os girassóis, nosso corpo físico também necessita da luz e do calor solar, da chuva e da brisa, para nos manter vivos.Mas não é só o corpo físico que precisa de cuidados para prosseguir firme. O Espírito igualmente necessita da Luz Divina para manter acesa a chama da esperança. Precisa do calor do afeto, da brisa da amizade, da chuva de bênçãos que vem do alto. Todavia, é necessário que façamos esforços para respirar o ar puro, acima das circunstâncias desagradáveis que nos envolvem. Muitos de nós permitimos que os vícios abafem a nossa vontade de buscar a luz, e definhamos dia a dia como uma planta mirrada e sem vida. Ou então, nos deixamos enredar nos cipoais da preguiça e do desânimo e ficamos a reclamar da sorte, sem fazer esforços para sair da situação que nos desagrada. É preciso compreender os objetivos traçados por Deus para a elevação de Seus filhos, que somos todos nós. E para que possamos crescer, de acordo com os planos divinos, o Criador coloca à nossa disposição tudo o de que necessitamos.É o amparo da família, que nos oferece sustentação e segurança em todas as horas...A presença dos amigos nos momentos de alegria ou de tristeza a nos amparar os passos e a nos impulsionar para a frente. São as possibilidades de aprendizado, que surgem a cada instante da caminhada, tornando-nos mais esclarecidos e preparados para decidir qual o melhor caminho a tomar. Mas, o que acontece conosco quando nos fechamos na redoma escura da depressão ou da melancolia e assim permanecemos por vontade própria? É possível que, em pouco tempo, nossas forças esmoreçam e não nos permitam, sequer, gritar por socorro. Por essa razão, devemos entender que Deus tem um plano de felicidade para cada um de nós e que, para alcançá-lo, é preciso buscar os recursos disponíveis. É preciso imitar os girassóis.Buscar sempre a luz, mesmo que as trevas insistam em nos envolver. É preciso buscar o apoio da família, nos momentos em que nos sentimos fraquejar. É preciso rogar o socorro dos verdadeiros amigos quando sentimos as nossas forças enfraquecendo. É preciso, acima de tudo, buscar a Luz Divina que consola e esclarece, ampara e anima em todas as situações. Quando as nuvens negras dos pensamentos tormentosos cobrirem com escuro véu o horizonte de tuas esperanças, e o convite da depressão rondar-te a alma, imita os girassóis e busca respirar o ar puro, acima das circunstâncias desagradáveis. Quando as dificuldades e os problemas se fizerem insuportáveis, tentando sufocar-te a disposição para a luta, lembra-te dos girassóis e busca a Luz Divina através da oração sincera.
Redação do Momento Espírita, utilizando pensamentos finais extraídos do texto do Momento Espírita 'Na barca do coração'.

domingo, 7 de junho de 2009

"Porque onde estiverem reunidos em meu nome, lá estarei presente." Jesus. (MATEUS, 18:20.)

O culto do Evangelho no Lar:
"É a renovação do clima espiritual do lar sob as luzes do Evangelho Redivivo, porque o lar é a usina maior das energias de que somos carentes para o nosso trânsito terreno e é onde compensamos nossas vibrações psíquicas em reajustamento... Evangeliza os Espíritos, nossos desafetos que se julguem conosco em todas as nossas atividades cotidianas".
Para o culto, as providências são simples:
I - Um volume de "O Evangelho Segundo o Espiritismo";
II - Um dia certo por semana e horário;
III - Um cômodo onde todos os familiares se reúnem.
Sua realização também é singela:
Inicia-se por uma prece, preferentemente uma oração feita de improviso por um dos presentes, por ser mais afetivo;
Abre-se o livro ao chamado acaso; Leitura em voz alta do trecho aberto; Comentários sobre o mesmo pelos presentes; Encerramento com uma prece de agradecimento pela orientação, podendo alongar-se os comentários, depois, sobre a lição, enquanto houver interesse e for oportuno. Evitar no culto, qualquer manifestação que o confunda com sessão mediúnica.
A duração deve ser de até 30 minutos, no máximo, incluindo a prece de encerramento, em que se agradecerá a assitência espiritual, lembrando a próxima reunião.

OBSERVAÇÕES, CUIDADOS E SUGESTÕES
OBSERVAÇÕES O Dia da semana e o horário mais adequados a todos os participantes devem ser escolhidos livremente. O tempo de duração é flexível. CUIDADOS Uma vez escolhidos, o dia da semana e o horário de realização do Evangelho no Lar devem ser respeitados. Assiduidade e pontualidade são importantes para o bom contato com o Plano Espiritual. Não transferir ou suspender a reunião em virtude de visita inesperada, hóspedes (podendo-se convidá-los a participar da reunião), compromissos de última hora, etc.... Não transformar a reunião em trabalho mediúnico. Tomar todo o cuidado para não criar polêmicas, acusações ou desvio para outros assuntos. SUGESTÕES Pode-se colocar água para ser fluidificada pelos Espíritos presentes, no transcorrer da reunião. Música suave pode contribuir para melhor ambientação, auxiliando as vibrações e preces. Quando houver crianças, é recomendável que se escolham livros apropriados com "Jesus no Lar", "Alvorada Cristã", "O Evangelho da Meninada", "Cartilha do Bem", "Histórias que Jesus Contou", "Os Meus Deveres" dentre outros. Podem ser feitas leituras complementares alternativas (jornais, revistas, atualidades) que ofereçam conteúdo adequado à reflexão, conforme os objetivos do Evangelho no Lar.
http://www.akscenter.com/area-estudos.htm
http://www.kardecian.org/evangelho-lar.html

sábado, 6 de junho de 2009

ÍCARO REDIMIDO - Gilson T. Freire / Adamastor

Quem inventou de fato o avião? Santos Dumont ou os Irmãos Wright?Nesta obra, conheceremos, não somente o desenrolar da vida do nosso inventor no mundo espiritual, como também a verdadeira história da aviação. Em minúcias, o detalhamento, os preparativos e a condução do processo pelo Plano Espiritual e não por mera e casual genialidade dos homens.Os percalços do "Ícaro brasileiro", seu resgate do "Vale dos Suicidas", a demonstração da gravidade do erro de se atentar contra a própria vida e as reencarnações que justificaram o seu empenho na importante missão que desenvolveu entre nós. O distúrbio depressivo e os ovóides encontram aqui considerações inovadoras, em um estudo aprofundado que o livro nos propicia sobre a autodestruição e suas graves conseqüências.Conhecendo este drama, aprenderemos a “valorizar a existência e a equilibrar os vôos de nossos espíritos”.

sexta-feira, 5 de junho de 2009

O QUE É A OBSESSÃO.


" Os espíritos influem sobre nossos pensamentos e acções ?
Resposta: " Muito mais do que imaginais; frequentemente, são eles que vos dirigem. "
" O Livro dos Espíritos " Allan Kardec, questão 459

A obsessão é uma espécie de enfermidade de ordem psíquica e emocional, consistindo na influência que um Espírito exerce sobre uma pessoa. A influência negativa de um Espírito obsessor pode afectar o estado mental de qualquer ser humano, alterando as suas emoções e raciocínio, chegando mesmo a atingir o seu corpo físico. A influência espiritual só é qualificada como obsessão quando se observa uma perturbação constante. Se a influência verificada é apenas esporádica esta não é caracterizada como obsessão.
Somente os Espíritos imperfeitos provocam obsessões. Os bons Espíritos fazem o bem, os outros interferem na vontade do indivíduo, fazendo com que este realize acções contrárias ao seu desejo natural.
A obsessão unicamente se instala na mente do paciente quando o obsessor encontra debilidades morais que podem ser exploradas, sendo que todos nós temos essas debilidades. Deste modo, se conclui que todos estamos sujeitos à obsessão. O Espírito obsessor, conhecendo as debilidades morais do paciente, vai pouco a pouco obtendo acesso à sua mente, chegando mesmo a dominá-lo.
Se a obsessão se intensifica e não conhecer um tratamento espiritual em devido tempo, ocorrerá um aumento de afinidade fluídica entre o obsessor e o obsediado, o que poderá agravar o estado da pessoa obsediado.
CAUSAS DA OBSESSÃO Basicamente a obsessão tem quatro causas:
a) Causas morais
São aquelas provocadas pela má conduta do indivíduo na sua vida diária. Andar mal com a vida e com as outras pessoas, permite que os nossos pensamentos entrem em sintonia com os espíritos inferiores atraindo-os para nós. Do intercâmbio dessas influências pode nascer uma obsessão. Também os vícios mundanos, como por exemplo o tabagismo, o alcoolismo, bem como o orgulho, o egoísmo, a maledicência, a violência, a avareza, podem ligar-nos a entidades espirituais infelizes.
b) Causas relativas ao passado
São aquelas provenientes do processo de evolução a que todos os Espíritos estão sujeitos. Nas suas experiências reencarnatórias, por ignorância ou livre arbítrio, um ser pode cometer falhas graves em prejuízo do próximo. Se a desavença entre eles gera ódio, o desentendimento pode perdurar por encarnações que pode chegar ao ódio, disputas, desejos de vingança e perseguição. Casos assim podem dar origem a processos obsessivos tenazes. Carrasco e vítima continuam alimentando os sentimentos de rancor de um contra o outro.
c) Contaminações espirituais
Sucedem quando uma pessoa frequenta ou simplesmente visita ambientes onde predomina a influência de Espíritos inferiores. Os locais onde se pratica a feitiçaria são propícios a contaminações obsessivas desde que exista afinidade moral com o ambiente. Espíritos atrasados, agarrados ao local onde a pessoa foi, envolvem-se na sua vida mental, prejudicando-a.
d) Causa anímica ou auto-obsessão São causadas por uma influência mórbida residente na mente do próprio obsediado. Por causa dos vícios de comportamento, o cultivo de padrões doentios de pensamento que causam desequilíbrio nas suas áreas emocionais. Muitas tendências auto-obsessivas são provenientes de experiências infelizes relacionadas com vidas passadas do obsediado. Angustias, depressões, manias de perseguição ou carências inexplicáveis podem ser parte do processo auto-obsessivo.
CASOS POSSÍVEIS DE OBSESSÃO: (consciente ou inconscientemente)
Desencarnado obsediando um Encarnado
Desencarnado obsediando um Desencarnado
Desencarnado obsediando a si mesmo
Encarnado obsediando um Encarnado
Encarnado obsediando um Desencarnado
Encarnado obsediando a si mesmo

SESSÃO PIPOCA


SÁBADO É DIA DE SESSÃO PIPOCA!!

Será apresentado uma palestra sobre Depressão e Mediunidade. A apresentação será a partir das 18h30.

Esperamos todos com muita pipoca!!!

"O Espiritismo é uma ciência que trata da natureza, origem e destino dos espíritos, bem como de suas relações com o mundo corporal"

Allan Kardec in O Que é o Espiritismo (Prólogo)

Mensagem de Chico Xavier


COMPANHEIROS DE IDEAL Meus irmãos, aqui estou...O serviço continua.Quem prossegue com JesusNada teme e não recua.Deixo os óculos de lado,Pois deles não mais preciso, Para escrever o que pensoDe modo claro e conciso.Tiro do bolso a canetaQue trouxe no paletóE proclamo, além da morte,Que inda sou o mesmo pó...Mais do que isso não sou -Nunca fui e nem serei...Um cisco, apenas um ciscoEis do que sou o que sei.Portanto não se preocupemSe aqui estou, na verdade,Pois quem é cisco não temCarteira de identidade.Se pudessem ver-me agora,Mal me veriam de pé,Todavia aqui estouEm nome de nossa Fé!Acredito que, por certo,Melhor fosse me calar,Mas o Senhor é quem manda,E Ele me manda falar.- Caros irmãos de idealNo Espiritismo Cristão,Em prol de nossa Doutrina,Mais amor, mais união...Mais estudo e mais trabalho,Fraternidade e Alegria,Mais vivência do EvangelhoNo labor de cada dia.Corações entrelaçados,Marchemos na estrada humana,Passo a passo, com Jesus,Na crença que nos irmana!...CHICO XAVIER(Página recebida pelo médium Carlos A. Baccelli, em reunião pública do Lar Espírita “Pedro e Paulo”, na manhã do dia 11 de outubro de 2003, em Uberaba, Minas Gerais.)

Luzes do Entardecer

Conserva contigo os companheiros idosos, com a alegria de quem recebeu da vida o honroso encargo de reter, junto do coração, as luzes remanescentes do próprio grupo familiar.
Reflete naqueles que te preservaram a existência ainda frágil, nos panos do berço, nos que te equilibraram os primeiros passos, nos que afagaram os sonhos da meninice e naqueles outros que te auxiliaram a pronunciar o nome de Deus.
Já que atravessaram o caminho de muitos janeiros, pensa no heroísmo silencioso com que te ensinaram a valorizar os tesouros do tempo, nas dificuldades que terão vencido para serem quem são, no suor que lhes alterou as linhas da face e nas lágrimas que lhes alvejaram os cabelos.
E quando, porventura, te mostrem azedume ou desencanto, escuta-lhes a palavra com bondade e paciência . . .
Não estarão, decerto, a ferir-te e sim provavelmente algo murmurando contra dolorosas recordações de ofensas recebidas, que trancam no peito, a fim de não complicarem os dias dos seres que lhe são especialmente queridos ! . . .
Ama e respeita os companheiros idosos ! São eles as vigas que te escoram o teto da experiência e as bases do que hoje te levantas para seres que és . . .
Auxilia-os, quando puderes, porquanto é possível que, no dia da existência humana. Venhas igualmente a conhecer o brilho e a sombra que assinalam no mundo, a hora do entardecer.

Meimei

http://www.espiritismogi.com.br/

quinta-feira, 4 de junho de 2009

A Codificação Kardequiana

O LIVRO DOS ESPÍRITOS;
O LIVRO DOS MÉDIUNS;
O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO;
A GÊNESE;
OS MILAGRES E AS PREDIÇÕES SEGUNDO O ESPIRITISMO;
O CÉU E O INFERNO OU A JUSTIÇA DIVINA SEGUNDO O ESPIRITISMO
Outros livros de Allan Kardec
O QUE É O ESPIRITISMO;
O ESPIRITISMO EM SUA MAIS SIMPLES EXPRESSÃO;
RESUMO DA LEI DOS FENÔMENOS ESPÍRITAS;
ÓBRAS PÓSTUMAS

O ELOGIO DA ABELHA

Leitura indicada ao público infantil, porém com sutil verdades para os adultos!

O ELOGIO DA ABELHA...
Grande mosca verde-azul, mostrando envaidecida as asas douradas pelo Sol, penetrou uma sala e encontrou uma abelha humilde a carregar pequena provisão de recursos para elaborar o mel.
A mosca arrogante aproximou-se e falou, vaidosa:- Onde você surge, todos fogem. Não te sentes indesejável? Teu aguilhão é terrível.- Sim - disse a abelha com desapontamento - creia que sofro muitíssimo quando sou obrigada a interferir. Minha defesa é, quase sempre, também a minha morte.- Mas não podes viver com mais distinção e delicadeza? - tornou a mosca - por que ferroar, a torto e a direito?- Não minha amiga - esclareceu a interlocutora - não é bem assim. Não sinto prazer em perturbar. Vivo tão somente para o trabalho que Deus me confiou, que representa benefício geral. E, quando alguém me impede a execução do dever, inquieto-me e sofro, perdendo, por vezes, a própria vida.- Creio, porém, que se tivesses modos diferentes... se polisses as asas para que brilhassem à claridade solar, se te vestisses em cores iguais às minhas, talvez não precisasses alarmar a ninguém. Pessoa alguma te recearia a intromissão.- Ah! Não posso despender muito tempo em tal assunto... disse a abelha. O serviço não me permite a apresentação exterior muito promissora, em todas as ocasiões. A produção do mel indispensável ao sustento da nossa colméia, e necessária a muita gente, não me oferece ensenjo a excessivos cuidados comigo mesma.- Repara! - disse-lhe a mosca, desdenhosa - tuas patas estão em lastimável estado...Encontro-me em serviço - explicou-se a operária humilde.- Não! não! protestou a mosca - isto é relaxamento.E limpando caprichosamente as asas, a mosca recuou e aquietou-se qual se estivesse em observação.Nesse instante, duas senhoras e uma criança, penetraram o recinto e, notando a presença da abelha que buscava sair ao encontro das companheiras distantes, uma das matronas gritou, nervosa:- Cuidado! cuidado com a abelha! Fere sem piedade!...A pequenina trabalhadora alada, dirigiu-se para o campo e a mosca soberba a exibir-se, voando despreocupada.- Que bonita, parece uma jóia. Que maravilha!A mosca preguiçosa planou... planou... e, encaminhando-se para a copa, penetrou o guarda-comida, deitou varejeiras na massa dos pastéis, e infectou pratos diversos..., e pousou-lhe na cabeça infeccionando certa região que se achava ligeiramente ferida.Decorridas algumas horas, sobravam preocupações para toda a família. A encantadora mosca verde-azul deixara imundície e enfermidade por onde passara.Quantas vezes sucede isto mesmo, em plena vida?Há criaturas simples, operosas e leais, de trato menos agradável, à primeira vista, que, à maneira da abelha, sofrem sarcasmos e desapontamentos por bem cumprir a obrigação que lhes cabe, em favor de todas; e há muita gente de apresentação brilhante, quanto a mosca, e que, depois de seduzir-nos a atenção pela beleza da forma, nos deixa apenas larvas da calúnia, da intriga, da maldade, da revolta e do desespero no pensamento.Fim.


Néio Lúcio - Espírito.Psicografia - Francisco Cândido Xavier.Livro - A Vida Fala I

quarta-feira, 3 de junho de 2009

E A VIDA CONTINUA...


E A VIDA CONTINUA...
FRANCISCO CÂNDIDO XAVIER
DITADO PELO ESPÍRITO ANDRÉ LUIZ
Este livro apresenta o retrato espiritual da criatura ao desencarnar e demonstra que a vivência dos habitantes do Além está relacionada com sua condição mental. Em 26 capítulos, numa linguagem romanceada, relata a história de personagens reais que, desencarnados, deparam-se com o amparo dos amigos espirituais. Estes os incentivam à renovação pelo estudo e trabalho, preparando-os para rever sua vida e desvendar as tramas do passado, permitindo-lhes traçar novas diretrizes de conduta. Esta obra ensina-nos a prática do auto-exame na certeza de que a vida continua além da morte ajustada às leis de Deus, plena de esperança e trabalho, progresso e realização. Boa Leitura !
Você pode baixar gratuitamente este livro pela internet

terça-feira, 2 de junho de 2009

Ilusões Perigosas


Ilusões Perigosas
(Haunted, Inglaterra - 1995)

Atores: Aidam Quinn. John Gielgud. Kate Beckinsale.

Direção: Lewis Gilbert
David Ash (Aidan Quinn), é um professor de parapsicologia que se dedica a desmascarar charlatães que realizam sessões “espíritas”. Devido à sua fama, ele é chamado para investigar fantasmas que assombram a mansão Edbrook, no interior da Inglaterra. Lá, ele conhece a jovem e atraente Christina Mariell(Kate Beckinsale), uma jovem moderna, independente e charmosa, David se apaixona logo no primeiro encontro. À medida que David inicia as investigações, ele constata estranhos fenômenos que contrariam tudo o que acreditava. E o relacionamento de David com Christina e seus irmão vai adquirindo elementos cada vez mais estranhos, levando-o a uma situação muito perigosa, onde ele vai ser levado a rever todos os seus conceitos.
Ilusões perigosas possui um roteiro muito inteligente, a trama segue uma evolução lógica e envolvente. A fotografia é outro ponto de destaque, que somada ao ótimo trabalho de direção e de atuação compõe um ambiente de mistério e suspense. Os efeitos especiais são usados na medida exata, não deixando a impressão de fenômenos impossíveis. O filme mostra materializações, vidência, audiência e o mais importante, que os sentimentos de afeição não desaparecem com a morte física. Vale a pena!

Decálogo do Aperfeiçoamento

1 –Diminua as próprias necessidades e aumente as suas concessões.
2 –Intensifique o seu trabalho e reduza as quotas de tempo inaproveitado.
3 –Eleva as idéias e reprima os impulsos.
4 –Liberte o “homem do presente”, na direção de Jesus e aprisione o “homem do passado” que ainda vive em você.
5 –Vigie os seus gestos, estendendo os gestos alheios.
6 –Persevere no estudo nobre, reconhecendo na vida a escola sagrada de nossa ascensão para Deus.
7-Julgue a você mesmo e desculpe indistintamente.
8 -Fale com humildade, ouvindo com atenção.
9-Medite realizando e ore servindo.
10-Confie no Amor do Eterno e renda culto diário às obrigações em que Ele Mesmo nos situou.
Autor: André LuizPsicografia de Chico Xavier. Livro: Ideal Espírita

Pedras da Vida

Pedras da Vida...há situações que constituem a nossa prova aflitiva e áspera, mas redentora e santificante.Perdoemos as pedras da vida pelo ouro da experiência e de luz que nos oferecem.E, sobretudo, armemo-nos de coragem para o trabalho, porque é na dor do presente que corrigimos as lutas de ontem, acendendo abençoada luz para o nosso grande porvir.
Autor: Bezerra de MenezesPsicografia de Chico Xavier. Da obra: Bezerra. Chico e Você

segunda-feira, 1 de junho de 2009

SESSÃO PIPOCA

Todo primeiro Sábado de cada mês a Casa apresenta um Filme com temas relacionado ao espiritismo, segue a última sessão apresentada...
Amor Além da Vida
(What Deams May Come, EUA - 1998)
Atores:
Robin Williams (Chris Nielsen)Cuba Gooding Jr. (Albert)Annabella Sciorra (Annie Nielsen)Max von Sydow (Rastreador)
O Neurologista Chris ( Robin Williams de " Férias no Trailer" e " Patch Adams") e a artista plástica Annie (Sciorra) vivem uma vida perfeita até perder seus 2 filhos em um acidente de carro. Annie entra em depressão e está quase se recuperando quando Chris também morre em outro acidente. A partir deste ponto o filme se passa nos dois planos (material e espiritual), onde Chris encontra Albert (Gooding Jr de " Homens de Honra" e "Meu Nome é Radio", que o ajuda a se ambientar na espiritualidade e de onde acompanha o sofrimento de Annie e passa a se empenhar para ajudá-la. Contarão também com a estranha personagem do rastreador (Max Von Siddou de " O Sétimo Selo")para encontra um tesouro valioso para Chris.
Este belo filme , soirrateiramente deixa nas entrelinhas uma reflexão sobre pequenas nuances do ser humano , como por exemplo:
-o apego e não exatamente o amor ( pode alguém que ama matar a si mesmo?) ;
-o sentimento de que devemos continuar a viver pois a vida continua (Chris não deixou de se envolver na Vida trabalhando como médico ou amando sua esposa , já que a vida não findou com o desencarne de seus filhos);
-a falta de fé que se abateu sobre Annie seria o fruto de toda uma vida de despreparo e ignorância espiritual ( existe morte?) ou é consequente a uma dor insuportável pela perda de entes queridos ( apego x amor);
-não existem respostas prontas diantes da dor e sofrimento e cada um responde de acordo com o degrau em que se colocou encontrando o Paraíso ou Inferno mental que para si mesmo projetou ao longo do tempo;
-só o verdadeiro amor desinteressaado e solidário cobre uma multidão de pecados.
O filme mostra vários fundamentos da doutrina espírita, tais como a psicografia, a influenciação dos espíritos sobre as pessoas encarnadas, as conseqüências do suicídio, o poder do pensamento, os diferentes planos espirituais etc. Apesar das falhas no conteúdo espírita (especialmente no caso do suicídio), é um bom filme e possui uma fotografia belíssima.

Favor Divino

Não te queixes de Deus porque dificuldades te povoam a vida. Certamente Deus conhece todos os programas de ação que te estruturam a existência.
O parente difícil, a casa em provas, as tarefas árduas, a conquista da simpatia, o relacionamento espinhoso . . .
Tudo isso poderia Deus suprimir num momento.
Entretanto,sem os familiares incompreensivos, não conhecerias o amor; fora dos obstáculos domésticos, não adquiririas responsabilidade; fugindo aos encargos de sacrifício, não terias experiência; longe da procura de apoio, não praticaria fraternidade, e, desertando das lutas de equipe, acabarias desconhecendo o valor da cooperação.
. . .Convence-te de que Deus pode sana-nos qualquer preocupação, mas deixa-nos a cada um a benção do trabalho, de modo que consigamos sair da ingenuidade e da inércia, para sermos, um dia, colaboradores conscientes da Divina Sabedoria que sustenta a Criação.

Meimei

fonte:http://www.espiritismogi.com.br/

Nos Passos Do Mestre

Nos Passos Do Mestre
Confira as salas que estão exibindo o filme Nos Passos do Mestre a partir do dia 14/04, em São Paulo, Campinas, Sorocaba, Matão, Belo Horizonte, Juiz de Fora, Rio de Janeiro,Belém e Manaus. Prestigie a obra para que mais salas se interessem por exibí-la!

Chico Xavier - O Filme

Chico Xavier - O Filme
Mais de 3.000.000 de pessoas já assitiram ao filme Chico Xavier. Clique na foto e assista!

As Mães de Chico Xavier - Filme Completo

As Mães de Chico Xavier - Filme Completo
Clique na imagem para assitir!!

Trailer do Filme - E a vida continua...

Trailer do Filme - E a vida continua...
Trailer filme "E a Vida Continua" exibido no 6º Congresso Espírita Mundial..Clique na imagem para assistir!!

Nosso Lar - Muitos mundos, muitas vidas...

Nosso Lar - Muitos mundos, muitas vidas...
Já parou pra refletir o que vc faz aqui??...Reencarnação questão de justiça!!! Clique na imagem para assistir!!

O Filme dos Espiritos

O Filme dos Espiritos
Clique na imagem e assista ao Filme completo!!